Share
“Bad Boys Para Sempre” – História diverte, mesmo com falhas

“Bad Boys Para Sempre” – História diverte, mesmo com falhas

A ideia de Bad Boys ganhar um terceiro filme, foi aprovado por boa parte do público. Muito pelo sucesso dos dois filmes anteriores, um de 1995 e outro de 2003. Ambos protagonizados pela dupla carismática formada por Will Smith e Martin Lawrence.

Em 2020, dezessete anos após a última aventura, chega às telonas Bad Boys Para Sempre e mostra como de maneira surpreendente, como uma história pode amadurecer. Dessa forma, com um roteiro redondo e fan service de primeira, o longa mostra uma remodelagem, o que pode garantir até mais sequências, dependendo de sua bilheteria.

A trama do novo filme começa com Marcus (Martin Lawrence) e Mike (Will Smith) tentando tomar um rumo de vida diferente. Os dois estão prestes a se aposentar, ao mesmo tempo, porém, não querem abandonar o trabalho que tanto amam. Entretanto, Mike sofre um atentado, fazendo com que a decisão de Marcus de se aposentar, aconteça antes do esperado. Agora, ele terá que controlar o amigo, já que o personagem de Will Smith promete não descansar até encontrar o responsável por tentar assassiná-lo.

Bad Boys

O roteiro é correto. Não apresenta grandes furos, provando que Bad Boys Para Sempre ainda se mantém atualizado. Mesmo que os personagens tenham estado fora das telonas por muito tempo. Destaque para Will Smith que consegue transitar bem entre o humor e drama, deixando o quesito comédia para Lawrence. Todavia, nem tudo são flores. O lado dramático de Smith não funciona por completo. Isso não chega a ser culpa do ator. Mais sim, pelas caricaturas forçadas dos vilões, fazendo com que o protagonista não consiga um equilíbrio com o seu contraponto.

Em termos técnicos, as cenas de luta possuem uma boa coreografia, fazendo com que o espectador acredite nas habilidades dos atores. No elenco, fora Lawrence e Smith, o destaque fica para Vanessa Hudgens e Charles Melton. Os dois atores, que são mais conhecidos entre o público adolescente, conseguem se sair bem ao contracenar com os protagonistas e também nas cenas de ação.

Resumindo, apesar de vilões caricatos e um drama meio que forçado, Martin Lawrence e Will Smith cumprem o prometido com Bad Boys Para Sempre. É um bom filme pipoca, com ação, tiros, explosões e alívios cômicos. Tudo isso na medida certa.

FICHA TÉCNICA
Direção: Adil El Arbi, Bilall Fallah
Roteiro: Chris Bremmer, Peter Craig, Joe Carnahan
Elenco: Will Smith, Martin Lawrence, Vanessa Hudgens, Alexander Ludwig, Charles Melton, Paola Nuñez, Kate del Castillo, Nicky Jam, Joe Pantoliano, Jacob Scipio, Theresa Randle, DJ Khaled, Happy Anderson, Bianca Bethune, Dennis McDonald
Duração: 2h4min
Estreia: 30 de janeiro