Share

Google homenageia George Méliès

Em 3 de maio de 1912 o ilusionista francês George Méliès lançava o seu aclamado curta-metragem mudo À la Conquête du Pôle. Por isso o Google decidiu fazer uma homenagem com um de seus doodles. Mas esse é especial. É o primeiro doodle em 360° que também interage com a tecnologia VR.

O doodle chamado de Back to the Moon é uma colaboração entre o Google Spotlight Stories, o Google Arts & Culture e Cinémathèque Française.

QUEM É MÉLIÈS?

Bem, Méliès é conhecido por ser um pioneiro em efeitos especiais e também em técnicas de filmagem nos primórdios do cinema. Por isso ele é bastante conhecido por cinéfilos e alguns estudiosos de cinema. Ele é visto como um pioneiro.

Nascido em 1861, sempre gostou de experimentar e por ter essa natureza curiosa acabou impressionando o público com seus efeitos nos filmes. Suas técnicas consistiam em fotografia time-lapse, exposições múltiplas dos negativos, pirotecnias, maquinário de teatro e muito mais. Por isso a platéia ficava estupefata. O que estavam vendo ali na tela parecia mágica.

Algumas dessas técnicas estão bem representadas no doodle do Google, com elementos de teatro e outros se misturando a narração. Talvez seu trabalho mais famoso seja o curta de 13 minutos A Trip to the Moon de 1902 inspirado em histórias de Jules Verne. Um grupo de exploradores espaciais decide viajar para a lua. Lá eles encontram uma tribo de criaturas estranhas e capturam um deles para voltar à terra. O próprio Méliès participa do curta como o Professor Barbenfouillis.

Por várias vezes ele voltaria a essa ideia de explorador. O que inclui o filme de 1904 The Impossible Voyage. Onde um grupo de exploradores se aventura em uma jornada até o centro do Sol. E, por fim, em 1912 ele lançaria o longa de 44 minutos À la Conquête du Pôle no qual o doodle se baseia.

É certo afirmar que sem as inovações feitas por George Méliès o cinema não teria evoluído tanto e tão rápido. Por isso, somos gratos por tudo o que ele proporcionou.