Share
“IT – Capítulo 2” assusta e faz rir por igual

“IT – Capítulo 2” assusta e faz rir por igual

IT – Capítulo 2 encerra as desventuras do clube dos otários 27 anos após a primeira luta contra o assustador palhaço Pennywise. Adultos e bem longe de Derry, vão ter que voltar à cidade e cumprir a promessa que fizeram uns aos outros enquanto crianças: acabar de uma vez por todas com o palhaço. Só que ser adulto não quer dizer exatamente que se está livre dos fantasmas do passado. Em especial quando eles continuam te causando pânico.

O Capítulo 2 encontra um equilíbrio quase perfeito entre o terror e a comédia por trazer adultos lidando com situações mal resolvidas da infância e que podem estar associadas ou não ao fato de Pennywise viver sob a cidade. Ao passo que os membros do clube se reúnem, as memórias retornam com mais força, assim como o medo do que vivenciaram quando crianças. Não se sentem prontos para enfrentar Pennywise novamente, mas vai ser preciso se quiserem continuar vivos.

IT - Capítulo 2 - reunião

O longa aposta alto nas cenas de terror com o palhaço e não decepciona em nenhuma. Por outro lado, aos adultos, em especial os personagens de Richie e Ed coube a comédia. Mesmo em cenas que requer um pouco mais de tensão, as atuações de ambos acaba caindo mais para o lado engraçado. O que destoa da atmosfera que o filme quer transmitir. Outro ponto frágil de IT – Capítulo 2 é a edição que por diversas vezes se torna brusca a fim de acelerar a própria trama. Temos personagens deslocados em pontos opostos da cidade e suas ações precisam fazer sentido por igual. Só que uns tem mais tempo do que outros para desenvolvê-la e isso acaba gerando mais importância a um ou outro personagem.

Ironicamente a montagem é um dos pontos fortes de IT – Capítulo 2, principalmente quando existe transição de tempo. Em algumas cenas vemos lembranças do passado que não foram mostradas no primeiro filme e que o espectador precisa ver para entender o contexto atual. A cena transita de um personagem jovem para adulto de maneira suave e bem feita e a repetição do artifício não cansa. Tal fato se deve ao carisma dos atores mirins que acabam tendo mais relevância do que sua contraparte adulta. Não a toa além de um filme inteiro, ganharam mais espaço nessa segunda parte.

Embora IT – Capítulo 2 tenha lá suas falhas, não dá para negar que é um encerramento digno do sucesso que foi o primeiro filme. Mais uma vez Pennywise se mostra aterrorizante. Seja como palhaço ou em outra forma nefasta. A ele cabe todas as glórias dessa nova versão, sem desmerecer o trabalho marcante de Tim Curry. Quanto aos membros do clube dos otários fica a lição: fugir não é a resposta. Até porque, os problemas continuaram mesmo depois de terem saído de Derry. Ou seja, o jeito é ficar e enfrentar os medos da infância. Não importa o tamanho, com amigos do lado, no final, vai dar tudo quase certo.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Andy Muschietti
Roteiro: Gary Dauberman
Elenco: James McAvoy, Jessica Chastain, Bill Harder, Isaiah Mustafa, Jay Ryan, James Ransone, Andy Bean, Bill Skarsgard, Jaeden Martell, Wyatt Oleff, Jack Dylan Grazer, Finn Wolfhard, Sophia Lillis, Chosen Jacobs, Jeremy Ray Taylor
Duração: 2h49min 
Estreia: 5 de setembro