Share
“Megatubarão” não se leva a sério

“Megatubarão” não se leva a sério

Godzilla e King Kong são os monstros gigantes mais famosos do cinema. Por que não existem outros? Bem, talvez porque os demais não se levem a sério. O exato caso de Megatubarão.

Para começar nós temos ninguém menos que Jason Statham no papel principal seguido por um elenco de quase desconhecidos. O ator que outrora foi dublê está mais acostumado a papéis em filmes de ação os quais possui poucas falas. Aqui a razão de tal escolha é clara. Não sabe ser outra pessoa que não o próprio Statham. A sorte é que o filme lhe abre essa porta e ser ele mesmo não destoa do seu personagem que é um mergulhador especializado em resgastes. Mas que decide pendurar o tanque de oxigênio após um trágico acontecimento.

Seguindo a lógica de filmes do gênero, Jonas decide largar a aposentadoria quando descobre que a ex-mulher está em perigo. Mais do que isso, ele quer voltar para a plataforma do Mana Um e provar que estava certo quando todos o desacreditaram. O tal animal imenso que o fez abandonar parte de sua tripulação para trás é real e está de volta.

É a hora que todos os possíveis clichês de filmes com monstros gigantes se tornam visíveis. Temos o herói renegado, a mulher inteligente e sexy, o médico cético, o bilionário sem escrúpulos, o biólogo moralista, a criança fofa, a mulher subestimada e o nerd medroso. Todos eles são partes que ajudam a construir o frágil roteiro que se sabota em diversos momentos. Deixando claro que Megatubarão não se leva a sério e o espectador deve fazer o mesmo.

Os ataques do megaladon são confusos. Excitantes, cheios de jogo de câmera e efeitos eletrizantes, mas ainda assim confusos. Não dá para saber ao certo o tamanho real do animal em comparação a um humano e eles parecem ser atacados por espécies distintas. Se era pai, mãe e filhotes, fica a eterna dúvida. Outro ponto fraco foram os inúmeros cortes que Megatubarão sofreu para se encaixar numa classificação etária mais baixa. Cenas chamariz do trailer foram retiradas, por exemplo. O longa tem poucas fatalidades para o que era de se esperar, em particular na cena que se passa numa praia lotada de turistas. Em um título desse porte, era interessante ter o dobro de sangue e vítimas.

Todavia, se o espectador estiver ansiando por um longa despretensioso, com bastante humor e cenas de ação envolvendo pessoas e tubarões gigantes, Megatubarão é uma excelente opção. Especialmente em IMAX dando a sensação de que também somos parte da equipe de Jason Statham.

Ficha Técnica
Diretor: Jon Turteltaub 
Roteiro: Dean Georgaris, Jon Hoeber, Erich Hoeber 
Elenco: Jason Statham, Bingbing Li, Rainn Wilson, Cliff Curtis, Winston Chao, Shuya Sophia Cai, Ruby Rose, Page Kennedy, Robert Taylor, Ólafur Darri Ólafsson, Jessica McNamee, Masi Oka
Duração: 1h53min 
Estreia: 09 de agosto