Share
“Nosso Último Verão”tem elenco atrativo mas roteiro fraco

“Nosso Último Verão”tem elenco atrativo mas roteiro fraco

De alguns anos para cá, as comédias românticas haviam sofrido um grande declínio. No entanto, a Netflix parece determinada a presentear seus assinantes com uma nova a cada mês. O Plano Imperfeito, Para Todos os Garotos que Já Amei e o Date Perfeito são alguns exemplos de como o streaming tem investido no gênero. O mais recente dessa lista é o filme Nosso Último Verão. Mais uma produção original do streaming.

Já no começo, é possível perceber a semelhança com filmes como Noite de Ano Novo e Idas e Vindas do Amor. Isso graças a escolha narrativa de lidar com múltiplos personagens ao mesmo tempo. A única ligação entre a maior parte deles é terem frequentado o mesmo colégio e estarem prestes a ingressar em uma universidade. Cada um tem dilemas próprios para resolver antes do último verão de suas vidas acabar. Isto é, o verão antes de suas vidas adultas começar.

O elenco, que conta com uma grande quantidade de astros teen, é talentoso e se esforça em convencer o público. Maia Mitchell e K.J. Apa são os pontos fortes em Nosso Último Verão. Há uma ótima química entre os dois. De longe, a personagem de Mitchell se torna a mais interessante por conta de seu sonho em entrar para uma faculdade de cinema. Infelizmente, quando Mitchell e Apa engatam em um romance, o contexto do documentário que a jovem cineasta está produzindo acaba sendo colocado em segundo plano. O que acaba prejudicando um pouco o desenvolvimento da personagem.

Os personagens que servem como alívios cômicos são os que mais sofrem com essa exclusão e pouca ligação com os demais. Ambos são deslocados para uma trama que quanto mais o filme desenrola, mais o telespectador vê o quão fora da realidade suas cenas são. Outro exemplo ruim quanto ao desenvolvimento do roteiro fica para a personagem da atriz Sosie Bacon. Com suas dúvidas sobre qual curso seguir, a jovem tinha potencial para mostrar a quem sofre pelos mesmos motivos que a vida não acaba se eles não entrarem para uma faculdade logo após o último ano de ensino médio. Era uma oportunidade de quebra de estereótipos. Mas que no fim, a mensagem acaba ficando apagada assim como todo o roteiro que parece ignorar a abordagem de discussões atuais.

Apesar disso, Nosso Último Verão, ainda consegue apresentar diálogos interessantes que mostram as expectativas que cercam os jovens em relação ao que devem fazer de suas vidas. Eles frisam a pressão por parte dos responsáveis quando sequer os adultos sabem o que estão fazendo de suas vidas. Além disso, o longa possui cenas fofas que saem um pouco do clichê e te fazem rir mesmo que só um pouco. A fotografia precisa ser mencionada pois a cidade de Chicago é muitas vezes destacada através de tomadas encantadoras.

No fim, Nosso Último Verão acaba sendo uma tentativa de homenagem ao gênero teen. Entretanto, fracassa ao apresentar suas histórias. São corridas, genéricas e não parecem se desenrolar em pleno 2019.

Ficha Técnica
Diretor: William Bindley
Roteiro: Scott Bindley, William Bindley
Elenco: K.J Apa, Maia Mitchell, Norman Johnson Jr., Jacob Latimore, Wolfgang Novogratz,
Sosie Bacon, Mario Revolori, Jacob McCarthy, Halston Sage, Tyler Posey, Gage Golightly,
Nicole Forester
Duração: 1h 49min