Share
“O Chamado do Mal” – Até onde o mundo é racional?

“O Chamado do Mal” – Até onde o mundo é racional?

O professor de matemática Adam (Josh Stewart) recebeu uma oportunidade de trabalho irrecusável: lecionar em uma universidade, afastada da cidade, mas recebendo em troca uma linda casa mobilhada para morar com sua esposa Lisa (Bojana Novakovic), grávida de seu primeiro filho ou filha.

O que nenhum dos dois poderia esperar, é que ao receberem de presente uma caixa da fertilidade da irmã de Lisa, Becky (Melissa Bolona), o sonho de uma nova vida estava prestes a se tornar um terrível pesadelo.

Ao abrir a caixa, Lisa liberta um enorme mal, que o casal não consegue compreender. Após sofrer um aborto, começa a alucinar com a filha que poderiam ter tido. Será que Adam, tão racional e lógico conseguirá compreender o irracional?

Fraco e previsível

O Chamado do Mal engana pela tradução. Há um mal, mas não há um chamado, o que leva a crer que a escolha do nome foi meramente para pegar carona no sucesso das sequências de Invocação do Mal. O nome original, Malicious, mostra muito mais sobre o filme, se comparando ao fato de que libertam um demônio.

O roteiro é bem previsível, mas interessante. Focado em um casal que se mudou recentemente, sai um pouco do âmbito da casa mal-assombrada para um objeto assombrado. O objeto que só pode ser aberto por uma grávida liberta um demônio, que após causar um aborto, assume a identidade do bebê brincando com o psicológico dos pais.

A narrativa que gostei é que mostram alguns conflitos entre o casal, desde o inicio do filme. Principalmente quando o assunto é Becky, a irmã de Lisa que também foi a responsável por enviar o presente amaldiçoado.

Um ponto forte é que quando o casal entende com o que está lidando, surge um novo problema. A entidade está ligada à Lisa, que como mãe, ainda mais com os atritos com um marido que não acreditava no que estava vendo, começa a se apegar a sua filha-demônio.

Não é um filme de todo ruim. Mas se comparado a outros filmes do gênero é muito fraco. A escolha do nome vai gerar uma expectativa muito grande no público, que vai tomar Invocação do Mal por referência. Mas para quem curte um terror mais psicológico, certamente vai gostar de acompanhar a história.

Ficha Técnica
Direção: Michael Winnick
Roteiro: Michael Winnick
Elenco: Bojana Novakovic, Josh Stewart, Delroy Lindo, Melissa Bolona, Yvette Yates, Luke Edwards, Jaqueline Fleming, Ben VanderMey, Presley Richardson, Joy Kate Lawson, Bailee MyKell Cowperthwaite, Jo-Ann Robinson
Duração: 1h30min 
Estreia: 06 de dezembro