Share
O controverso “Coringa” de Joaquin Phoenix

O controverso “Coringa” de Joaquin Phoenix

Coringa levantou dúvidas a seu respeito desde o anúncio. A princípio a questão era sobre a necessidade de existir um filme do inimigo mais famoso do Batman. Depois veio o tópico sobre o papel, quem iria interpretar o palhaço e se estaria a altura de outras atuações marcantes. Embora, esses dois pontos abordados sejam relevantes, um ainda se destacava mais: como fazer um filme sobre um psicopata, mas sem que o público sinta empatia por ele? A solução foi até bem simples, é só desconstruir o personagem e seu universo.

O Coringa de Todd Phillips passa longe do formato costumeiro já familiar àqueles que curtem o gênero de filme de super heróis. Repleto de uma atmosfera densa, o longa nos mostra desde os segundos iniciais um protagonista perturbado e controverso. Arthur Fleck é um palhaço que faz piadas sem graça e ri fora de hora. Sua condição médica lhe faz gargalhar em momentos inoportunos e com isso, recebe olhares acusadores de terceiros. Assim, ninguém entende as esquisitices de Arthur. Nem o próprio. Nem sua mãe.

Para completar, ele vive numa sociedade corrompida onde os ricos se tornam mais ricos e os pobres mais miseráveis. No topo da lista dos ricos está Thomas Wayne. Famoso milionário que concorre ao cargo de prefeito e desdenha pessoas como Arthur. É em meio a essa Gotham desigual que o protagonista tenta viver. Cada rasteira, soco, pontapé que leva, só o deixa mais sedento para revidar.

Coringa

A desconstrução tanto do personagem e desse universo o qual pertence, apenas contribui para que a atuação de Joaquin Phoenix seja o ponto chave do longa. Sem elementos fantasiosos, nem heróis de capa, o holofote, enfim, recai sobre o controverso Coringa. Uma figura incômoda mesmo quando tenta ser gentil. Se torna então um produto do meio. Porém, sem vitimismo, nem lamúrias. Ele escolhe abraçar o caos. Para de lutar contra sua verdadeira natureza e aceita quem é de verdade: um psicopata.

Coringa nos presenteia com um filme que é e não é de super heróis ao mesmo tempo. Afinal, mesmo sem necessidade de efeitos especiais e super poderes, ainda estamos falando do maior inimigo do Batman. Um controverso e perturbador inimigo, que arrasta multidões e incendeia Gotham.

Não é um longa adequado para menores de 16 anos.
FICHA TÉCNICA
Direção: Todd Phillips 
Roteiro: Todd Phillips, Scott River 
Elenco: Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Frances Conroy, Brett Cullen, Shea Whigham, Bill Camp, Glenn Fleshler, Leigh Gill, Josh Pais, Rocco Luna, Marc Maron, Sondra James, Murphy Guyer, Douglas Hodge
Duração: 2h1min 
Estreia: 04 de outubro