Share
“O Mensageiro” traz reflexão sobre diferentes temas

“O Mensageiro” traz reflexão sobre diferentes temas

Escrito e dirigido pelo cubano-americano Julio Quintana, O Mensageiro é um filme lançado em 2016 que chega agora em serviços on demand e conta com a atuação de Martin Sheen, como Padre Douglas, e Lucas Quintana, irmão do diretor, como Leo.

Anos após um tsunami destruir a escola de uma pequena cidade, matando todas as crianças que lá estavam os moradores se recusam a seguir em frente com suas vidas formando um pacto velado de luto, onde evoluir seria o mesmo que esquecer daqueles que se foram. O único que ainda procura injetar esperança no coração dos habitantes é o Padre Douglas. Um homem que claramente já gozou de maior popularidade, porém atualmente luta para manter próxima sua congregação, que parece ter perdido grande parte de sua fé após a tragédia.

Leo é um jovem que lida com a perda do irmão, a desconexão de sua mãe Fidelia (Jacqueline Duprey) da realidade e seus sentimentos ocultos por Soraya (Aris Mejias), viúva de um professor da escola atingida. Logo a princípio é perceptível que este jovem não vê muitas esperanças em seu futuro neste pequeno vilarejo, porém não consegue deixar para trás suas amarras e seguir para outros lugares, como fizeram outros jovens antes dele.

Durante a despedida de seu melhor amigo, que se mudaria para uma cidade maior, Leo sofre um evento aparentemente inexplicável e toma para si uma jornada construindo uma estrutura misteriosa a partir do que restou da antiga escola. Sem saber, contudo, que despertaria crenças e paixões a muito escondidas no coração dos outros habitantes.

O filme possui uma trilha sonora leve e uma fotografia cheia de nuance e significado. Mais que tudo, o drama de Quintana fala sobre conviver com a constante dor da perda dos entes queridos; a culpa que os que ficam podem sentir ao tocarem suas vidas adiante. Também são colocadas questões sobre fé, sinais divinos e como nossa percepção de diversos eventos pode ser alterada radicalmente de acordo com as expectativas que criamos. Ao mesmo tempo é mostrado como um ato de persistência pode cativar a todos e emendar corações que pareciam quebrados para sempre.

De modo geral O Mensageiro gera reflexão sobre diferentes temas como dor, perda, o verdadeiro significado de um milagre, redenção, recuperação e sobretudo esperança. Principalmente ao tocar no ponto da força da união e da necessidade que o ser humano tem de sentir o seu pertencer dentro de sua comunidade e espécie como um todo.