Share
OnBox: “The Flash” – 2ª temporada

OnBox: “The Flash” – 2ª temporada

gradeamaisQuando comecei a assistir The Flash lá em 2014 nada sabia sobre o personagem. Não tinha assistido a nenhuma animação ou sequer lido uma história em quadrinho dele. Meus conhecimentos sobre o herói eram mínimos e escassos. A DC Comics não estava no meu radar naquela época e isso mudou graças a Barry Allen.

A primeira temporada foi permeada por apresentações, tanto do herói, quanto dos demais personagens e vilões. Não eram exatamente iguais aqueles desenhados nas páginas dos quadrinhos, mas possuíam a mesma essência e a trama foi bastante recortada para conseguir se adaptar a uma nova mídia: a televisão. O sucesso foi alcançado rapidamente e a série tornou-se líder de audiência do canal The CW onde é transmitida nos Estados Unidos. Acompanhei durante 23 episódios Barry Allen, interpretado por Grant Gustin, aprender a ser um herói, cometer algumas mancadas, voltar no tempo algumas vezes e abrir um buraco de minhoca para outra Terra, nos levando direto para a segunda temporada com um dos melhores vilões que uma série de super heróis poderia querer, o Zoom.

The-Flash-season-2-episode-1-Team-Flash
Jay Garrick entra em cena!

Logo de cara perdemos um personagem interessante, Ronnie (Robbie Amell) que se sacrifica para garantir a segurança de todos em Central City. Dr. Stein (Victor Garber) fica sem seu parceiro e Caitlin (Danielle Panabaker) mais uma vez precisa lidar com o luto. A morte do companheiro cai pesada em cima do Barry que começa a questionar-se sobre seu papel como herói já que no fim não conseguiu salvar ninguém. Esse clima depressivo meio que dita o tom no restante da temporada, ora por causa dos ataques do Zoom, ora por alguma perda pessoal, ora pela dificuldade e incapacidade de todos em lidar com o tamanho do poder do vilão.

news-00090717-the-flash-photo-from-enter-zoom-episode
Episódio ‘Enter Zoom’

Inegável que o personagem de Hunter Zolomon (Teddy Sears) foi uma escolha mais do que acertada para essa temporada. Se o Flash Reverso vivia de ameaças inócuas, o mesmo não podemos falar de Zoom que cumpriu cada uma das ameaças que fez ao Flash e ainda colocou debaixo de suas asas vários inimigos potentes para acabar com o velocista. Ele não apenas destruiu o herói fisicamente, quebrando-o ao meio (numa cena que nos fez lembrar a briga entre Bane e Batman), como fez pior e despedaçou o que Barry tinha como trunfo: sua positividade e confiança.

The-Flash-season-2-episode-13-Earth-2-Barry-Iris
Barry Allen vai para Terra 2

A ligação entre a Terra 1 e 2 foi outro acerto dessa temporada e nos deu personagens importantes como Harry e Jesse. Cavanagh provou ser um excelente ator e deu outra apresentação a um personagem que de certa forma nós já conhecíamos, mas na pele de outra pessoa. Parece confuso? Nós conhecemos o Thawne na pele do Harrison Wells, continuando a ser o Thawne e não O verdadeiro Wells da Terra 1. E com o reaparecimento desse personagem tivemos a oportunidade de ver como seria ter o cientista por perto. Suas cenas com Cisco eram primorosas e divertidas, tendo em vista que foi o Engenheiro o responsável por derrubar a barreira que existia entre o Harry e os demais personagens quando trabalhava indiretamente com o vilão.

Essa temporada teve o triplo de referências pop em comparação a anterior e temas como Harry Potter, De Volta Para o Futuro e outros títulos da DC Comics estavam sempre presentes. Com o Cisco (Carlos Valdes), novamente, sendo o maior responsável por apontá-las nos episódios, inclusive entoando um dos feitiços de Harry Potter como se fosse o próprio. Hilário!

fla223b0234brjpg-6532dc_765w
Último episódio!

A segunda temporada de The Flash evoluiu bastante e conseguiu se distanciar da anterior ao enaltecer o lado humano de todos os personagens, incluindo aqueles com poderes. O vilão não tinha uma ideia megalomaníaca movido por pura loucura, não. Tinha seus motivos, por mais absurdos que pudessem parecer para nós. Todos tiveram seus momentos de egoísmo e de colocar seus interesses em primeiro lugar. Todos de uma forma ou de outra foram movidos por um desejo maior em algum ponto e é isso que faz dessa temporada um sucesso. O próprio Barry cansou de ser sempre positivo e obrigado a se conformar com o que o destino lhe provém. Não. Uma única vez, nas duas temporadas, decidiu pensar nele primeiro e saberemos as consequências disso quando a série retornar.

E quanto a surpresa final? A identidade do verdadeiro Jay Garrick? Foi de cortar o coração e aplaudir a decisão dos roteiristas ao mesmo tempo.

the-flash-season-2-finale-jay-garrick-man-iron-mask-earth-3

Nos vemos na terceira temporada!

legendagrades1