Share
OnBox: Uma pérola em forma de série chamada “Grace and Frankie”

OnBox: Uma pérola em forma de série chamada “Grace and Frankie”

Mais e mais a Netflix tem investido em séries próprias com resultados para lá de satisfatórios. O começo com House of Cards demonstrou não apenas o interesse deles em produzir algo de conteúdo e interessante, mas um produto que fosse visto pela mídia e incluso como igual perante ao trabalho de grandes emissoras como NBC e ABC, por exemplo.

Dito e feito, House of Cards ganhou prêmios importantes e deu gás ao serviço para produzir mais material original como Orange is The New Black, Demolidor em parceria com a Marvel, Marco Polo e Bloodline, para citar alguns.

O mais recente lançamento do serviço é a comédia com algum teor de drama Grace and Frankie que conta com as veteranas ilustres Jane Fonda e Lily Tomlin nos papéis principais.

Grace e Robert são casados a 40 anos, tal qual Frankie e Sol. Mesmo que as duas esposas não se biquem, são obrigadas a conviver, pois seus maridos são sócios em uma firma de advocacia. Num jantar a quatro, os dois anunciam que na verdade querem o divórcio. Assustadas com a notícias, elas não entendem bem o que está acontecendo e é então que eles revelam que estão juntos a pelo menos 20 anos e que cansaram de se esconder. Tal notícia é o suficiente para abalar e muito a vida de todos em ambas as famílias. Grace sai de casa, deixando-a para Robert e decide morar na casa de praia que sempre foi seu local favorito. Chegando lá dá de cara com Frankie que também é dona da casa. Agora, as duas serão forçadas a viver sob o mesmo teto e tentar manter uma relação, enquanto lidam com os problemas que começam a surgir com o peso da situação, além de passarem a cogitar que jamais pensaram antes: serem amigas.

tv_grace1

Grace and Frankie foi criada por Martha Kauffman e Howard J. Morris e estreou no início do mês de Maio. A série que conta com um roteiro e atuações primorosas se faz valer de um equilíbrio único entre humor e drama. Com personagens principais tão diferentes uma da outra, elas constroem essa relação a base de muitas piadas e aconselhamentos sérios, tendo em vista que se encontram na mesma situação. Frankie, a personagem de Tomlin, é uma hippie que consegue enxergar bem os outros, mas tem dificuldades quando precisa encarar os próprios sentimentos. Jane Fonda vive Grace, uma socialite fútil que construiu um império de beleza, mas agora está aposentada e as duas com 70 anos precisarão encarar a perspectiva de terem que viver o resto de suas vidas sozinhas. Ao menos é o que elas pensam.

O segredo da série reside nas atuações de Fonda e Tomlin que ao longo de 13 episódios vão moldando de forma bem tortuosa essa amizade, com muita implicância, piadas e apoio mútuo. O humor criado é inteligente, sagaz e lida com acasos da vida de casal, do cotidiano de pessoas de idade, relacionamentos familiares e aceitar mudanças drásticas. A homossexualidade é tratada como deve ser realmente, processo natural da vida e isso só ocorre graças a leveza com que Sam Waterson (Sol) e Martin Sheen (Robert) exprimem nos personagens. Assim como qualquer outro casal é crível ao espectador que eles se amam ao mesmo tempo que tem dificuldades em se adaptar a nova situação de possuir um relacionamentos as claras.

grafra01

Grace and Frankie é mais uma pérola criada pela Netflix e que merece total atenção daqueles que procuram por um programa de qualidade. Além de um elenco espetacular.