Share
Os 11 filmes do festival dirigidos por mulheres!

Os 11 filmes do festival dirigidos por mulheres!

O Sundance Festival 2018 teve início em 18 de janeiro e vai até o dia 28 de janeiro. São dezenas de filmes na mostra e 37% deles foram dirigidos por mulheres. Pode não parecer grande coisa, mas de acordo com alguns pesquisadores e atendentes a mudança é notável.

O festival é o primeiro após o grande escândalo envolvendo o nome do Harvey Weistein e outros, e que decidiu adotar medidas para garantir a segurança de todos. Possuem um código de conduta interno que permite um ambiente livre de assédio, descriminação, sexismo ou qualquer ato desrespeitoso. A segurança também foi melhorada a fim de prover a todos um ambiente mais acolhedor. Por isso a pesquisa indica que haja maior aceitação de projetos onde mulheres sejam as diretoras e/ou roteiristas.

Sundance tem como intuito prover uma janela aos produtores a fim de que consigam vender seu filme para grandes estúdios. Em 2016 o longa de Nate Parker – O Nascimento de uma Naçãofez história ao ser comprado por U$17 milhões de dólares pela FOX Searchlight. Qual será o grande título deste ano que conta com inúmeras diretoras, novatas e veteranas? Confira aqui a lista com alguns desses títulos.

WHAT THEY HAD

Um filme comovente com Hilary Swank que estava sumida das telas. Aqui ela é Bridget Ertz que precisa voltar para casa a fim de se unir ao irmão e juntos tentar convencer o pai de que sua mãe que sofre de Alzheimer estaria melhor em uma casa para idosos.

O longa é o primeiro projeto de Elizabeth Chomko que tenta emplacar desde 2014. Chega aos cinemas americanos em março. No elenco além de Swank tem também Michael Shannon, Robert Foster, Blythe Danner e Taissa Farmiga.

NANCY

Esse parece mais um thriller onde Nancy acredita mais e mais ter sido sequestrada quando criança. Tudo começa depois que ela conhece um casal cuja filha sumiu 30 anos atrás. E essa criança talvez possa ser a própria Nancy.

Foi apontado como um dos títulos mais intrigantes do festival e também é o primeiro projeto de Christina Choe. O elenco conta com Andrea Riseborough, Steve Buscemi, Ann Dowd, John Leguizamo e J. Smith Cameron.

THE MISEDUCATION OF CAMERON POST

Em 1993 uma adolescente chamada Cameron Post é pega tendo um caso com a Rainha da Formatura. Então ela é forçada a ir num terapeuta para ter conversas sobre seu comportamento homossexual pelo Tio e a Tia que tem a sua guarda e são conservadores.

A diretora e roteirista Desiree Akhavan é também conhecida pelo seu outro trabalho Appropriate Behavior. Onde também lida com questões de adolescentes. Aqui ela conta com Chloe Grace Moretz no papel principal e outros como Jennifer Ehle, Quinn Shephard, Sasha Lane, John Gallagher Jr. e Forrest Goodluck.

THE KINDERGARTEN TEACHER

Estrelado por Maggie Gyllenhaal como uma incansável professora que desenvolve um interesse especial na poesia de um dos seus alunos de cinco anos. Ela acredita que o menino é um prodígio.

Escrito e dirigido por Sara Colangelo, o longa foi feito quase que inteiramente por mulheres. Incluindo Talia Kleinhendler e Osnat Keren que produziram e Trudie Styler e Celine Rattray que financiaram o projeto. O filme ainda conta com a participação de Gael Garcia Bernal.

THE TALE

Longa com a premiada Laura Dern que vive uma mulher que terá sua memória investigada e forçada a reexaminar sua primeira relação sexual e outras histórias que contamos para sobreviver.

Escrito e dirigido por Jennifer Fox que usou algumas de suas experiências pessoais e que tem sido um dos títulos mais comentados do festival. O elenco conta também com Ellen Burstyn, Jason Ritter, Common e Elizabeth Debicki. Fox ganhou o Grand Jury Prize por Melhor Documentário com Beirut: The Last Home Movie.

YOU WERE NEVER REALLY HERE

Estrelado por Joaquim Phoenix o longa conta a história de um homem que tenta salvar uma menina de uma rede de prostituição, mas se vê envolvido numa vingança violenta quando as coisa saem do controle. O filme foi um dos candidatos a Palme d’Or em Cannes no ano passado e parece que vai ganhar mais fãs no festival.

Dirigido por Lynne Ramsay que também escreveu o roteiro adaptado que foi retirado do livro de Jonathan Ames. Os críticos em Cannes consideraram um dos melhores papéis de Phoenix.

HALF THE PICTURE

Único documentário da lista, parece casar bem com o momento. Onde Amy Adrion entrevista uma série de diretores, atrizes, produtoras sobre questões relacionadas a indústria do cinema. Essa lista de entrevista inclui nomes como Ava DuVernay, Lesli Linka Glatter, Brenda Chapman, Martha Coolidge, Rosanna Arquette e tantas outras mulheres que falam de carreira, dificuldades no meio e o que esperam para o futuro.

REVENGE

Este filme fez pelo menos uma pessoa desmaiar durante sua exibição no Toronto International Film Festival do ano passado. Tirado inteiramente da imaginação de Coralie Fargeat, onde a atriz Matilda Lutz busca vingança após ter sido violentada pelo homem que amava e alguns amigos dele durante um final de semana de férias.

O filme foi bastante comentado no TIFF e parece que vai acontecer o mesmo por aqui.

I THINK WE’RE ALONE NOW

Com Peter Dinklage e Elle Fanning, o filme narra a estranha amizade entre duas pessoas depois que ocorre um apocalipse. São os únicos que restam naquela cidade e bem provável no mundo.

Dirigido por Reed Morano que é conhecida por The Handmaid’s Tale, muitos acreditam que era hora dela mostrar seu talento em mais um projeto. Os ângulos de câmera nesse filme lembra o trabalho que fez na primeira temporada da série.

LEAVE NO TRACE

Com Ben Foster no elenco o filme conta a história de um pai e sua filha de 13 anos que vivem numa espécie de paraíso num parque em Portland quando um pequeno acidente muda suas vidas para sempre. Agora vão precisar fugir para o mundo selvagem.

Dirigido por Debra Granik que também está por trás de Inverno da Alma, título responsável por introduzir Jennifer Lawrence na indústria. E esse longa parece ter a mesma atmosfera.

OPHELIA

Com Daisy Ridley no papel principal, esse filme vai contar uma versão de Hamlet através dos olhos de Ophelia. Ela é a preferida da Rainha e logo chama a atenção do Príncipe Hamlet.

Foi dirigido por Claire McCarthy e além de Ridley tem Naomi Watts, Tom Felton, Clive Owen e George MacKay.

Agora é aguardar e descobrir quando esses e outros títulos vão estrear por aqui.