Share
Recap: “iZombie” – Pilot

Recap: “iZombie” – Pilot

Estreou essa semana outra série da emissora CW (a qual falaremos melhor mais para frente) e que é levemente adaptada de uma história em quadrinhos. Se trata de iZombie criada por Rob Thomas que é também responsável pelo roteiro de séries como Veronica Mars e 90210 em sua nova versão.

A série narra as desventuras de Liv (Rose McIver) após se tornar uma zumbi ou quase isso. A moça que sempre foi muito certinha e uma médica dedicada acaba aceitando o convite de uma colega para ir a uma festa num barco quando de repente ocorre um ataque de zumbis. É, isso mesmo. Na tentativa de fugir ela é arranhada no braço e cai na água. Quando recobra a consciência está dentro desses sacos amarelos que guardam os corpos e acaba assustando muita gente. Desde então Liv se tornou outra pessoa. Seu cabelo passou de castanho para loiro quase branco, sua pele perdeu o tom rosado, ela não mais consegue dormir e claro, tem um desejo voraz por cérebros. Fora isso, continua quase a mesma pessoa que sempre foi. Sem querer atacar ninguém.

la-pauvre-liv-est-completement-perdue

Porém, sua vida tomou outro rumo. Terminou o noivado com o cara por quem era super apaixonada, se afastou dos entes queridos e amigos e largou o emprego no hospital para trabalhar no necrotério e conseguir assim um suprimento constante de comida. Só que ela não soube se esconder muito bem e seu chefe (Rahul Kohli) acaba descobrindo e para sua surpresa, ao invés de ficar com medo, lhe enche de perguntas e montes de exames médicos. Os dois estão super engajados numa conversa quando o Detetive Babineaux (Malcolm Goodwin) aparece perguntando a identidade de um corpo que eles receberam e Liv lhe dá informações bem precisas a respeito do cadáver. Informações que nem a polícia descobriu, mas que ela sabe, pois ao comer o cérebro desse corpo em questão e de qualquer outro, acaba absorvendo não só algumas lembranças como também peculiaridades da pessoa. Com isso, se torna a parceira temporária do Detetive dizendo ser uma vidente.

A série que é baseada nos quadrinhos da Vertigo de mesmo nome teve um episódio piloto bastante divertido e apesar do tema batido que são os zumbis, caminha em outra direção. Aqui eles, ou por enquanto apenas Liv, não é essa máquina sedenta por cérebro que quer atacar humanos atrás de humanos. Na verdade, ela está bem preocupada com a segurança daqueles com os quais convive e justamente por isso escolheu se afastar deles. E com a ajuda de seu chefe no necrotério, pode ser que encontre a cura para essa estranha “doença” que foi espalhada graças a uma droga nova que estava sendo usada na festa no barco.

O humor utilizado em iZombie, tal qual as piadas e referências pop citando outros grandes clássicos de zumbis como 28 Dias e até o George Romero servem para dar o tom descontraído e mostrar que se trata mais de um seriado de investigação do que de zumbis propriamente dito. O fato de que Liv absorve lembranças e habilidades dos cérebros que ingere é algo extremamente interessante e até criativo. Provável que outros infectados surjam ao longo da temporada e será curioso ver o desenvolver desses personagens que convivem com ela, já que eles possuem uma visão (como todos nós) bem marcada sobre zumbis.