Share
Recap: “Westworld” – Virtù e Fortuna (02×03)

Recap: “Westworld” – Virtù e Fortuna (02×03)

Depois de dois episódios tensos e cheios de enigmas, em Virtù e Fortuna foi a vez de prover respostas. Além de dar a chance das mulheres de brilhar. Em especial Dolores.

Até o ponto de Virtù e Fortuna começar, o espectador estava com uma série de perguntas na cabeça. Porque os dois episódios que deram início a temporada foram construídos para tal. É um dos muitos artifícios de Westworld. Apresentar o enredo ao passo que vai deixando alguns mistérios pelo caminho. No episódio seguinte, talvez surjam com uma resposta ou ainda mais mistérios.

Sem esquecer da cronologia embolada, que nos confunde, nunca sabendo exatamente em que ponto da linha narrativa os personagens estão. Dessa vez, o episódio de cara nos deu respostas e aumentou mais a tensão para os próximos.

O OUTRO PARQUE

Lembram do tigre? Descobrimos de onde ele surgiu nos primeiros minutos do episódio. Um outro parque, como o de faroeste, mas todo ambientado na Índia de meados do século 19.

Além das várias narrativas, os hóspedes podem também caçar tigres de bengala. Que é onde encontramos nos dois novos personagens, que pelo visto, não vão durar muito. Um morreu e a outra conseguiu fugir enquanto estava sendo perseguida pelo tigre. Os dois caíram na água, dando a nossa resposta, de como o tigre foi parar lá em Westworld. Mas, sobrou ainda a madame que aparentemente foi capturada.

Dando fortes indícios de que a falha provocada não impactou apenas esse parque o qual acompanhamos na primeira temporada, mas sim todos os outros.

PODER DA MAEVE

Após se modificar e também outros anfitriões, Maeve é uma das poucas – se não a única – a ter o controle através do comando de voz. Mas, até onde vai esse poder dela?

Porque não deu lá muito certo com os membros da Nação Fantasma (como são chamados aqueles anfitriões com o corpo pintado de branco). Eles até obedeceram por um tempo, mas logo chegaram outros e Maeve e companhia precisaram correr. Tão perto e ainda assim tão longe de recuperar a filha. O que é curioso, pois ela sabe que a criança que vê em suas memórias, não é de fato a sua filha, mas ela quer porque quer recuperar a menina.

Sair dali, de Westworld e criar uma família no mundo real. Mas ainda presos a uma narrativa que foi construída para eles.

CORTA A CABEÇA

Em um outro ponto do mapa vemos que Bernard e Charlotte continuam no encalço do Abernathy. Como sabemos, foi lá que ela escondeu todos os dados que está tentando retirar do parque e entregar aos seus superiores. Só que não está sendo uma tarefa fácil. E sem ele em mãos, nada de resgate.

Quando estão lá, tentando reaver o anfitrião e começa a rolar os tiros, Charlotte grita que só a cabeça do Abernathy é o suficiente. Ué, mas não é preciso retirar o anfitrião vivo do parque para conseguir acessar os dados? E como tanta informação cabe apenas na cabeça? Se para ter acesso a eles é inserida uma agulha no braço? E mais, a cabeça é o ponto central de tudo, tanto que os anfitriões matam os outros com tiros na cabeça, logo, cortar a cabeça não iria prejudicar o armazenamento dos dados?

Essa ordem da Charlotte só deixou tudo ainda mais confuso e levantou outras questões sobre a forma como os anfitriões retem informações e dados.

DENTRO DO FORTE

Mais uma vez Dolores demonstra que não está para brincadeiras. Ela convence os confederados a ficar do seu lado e os prepara para o embate.

Vendo que há uma certa comoção com alguns prisioneiros, chega perto da multidão ao reconhecer uma voz. É seu pai, Abernathy. Junto com ele está também Bernard. Ela liberta o pai que a princípio não a reconhece e manda jogarem o resto na prisão.

Logo fica claro que ele não está nada bem e ela solicita a ajuda de Bernard. É a primeira vez que os dois conversam sobre suas naturezas reais e Dolores desdenha dele. Quando Bernard fala que ambos tem missões e diretrizes, a garota corta e fala que não. Que eles são diferentes, pois ela já esteve do lado de fora, viu o mundo e ele não. Ela sabe que tudo o que essas pessoas querem é sobreviver e ela também.

Bernard então avisa que as narrativas de Abernathy estão se sobrepondo e por isso ele está confuso. Tem arquivos criptografados dentro dele. Dolores quer saber o que são, mas Bernard não consegue ter acesso.

OS PLANOS DE DOLORES

Outro ponto curioso sobre os planos de Dolores é uma conversa que ela tem com Teddy. Bem, está mais para um monólogo na verdade, porque ele só ouve. A garota fala que existe uma espécie que se recusa a morrer, levantando a teoria criada pelos fãs de que algumas pessoas reais foram transformadas em anfitriões. Seria esse o caso do William?

Já vimos a construção dos anfitriões, mas algo na chamada do próximo episódio parece que vai ser sobre essas tais figuras imortais mencionadas por Dolores. Não com todas essas palavras, mas é o que deu a entender.

A FRONTEIRA

Como é de fato a fronteira que determina onde um parque começa e o outro termina? Porque não parece que a hóspede do começo do episódio teve que nadar muito.

Será que eles ficam em ilhas? Onde a única fronteira de fato seria a água e por isso os anfitriões são programados para não atravessar? E agora que há uma pane geral, essas fronteiras entraram em colapso e tanto os hóspedes, quanto os anfitriões, podem passar de um lado para o outro?

É o que dá para entender a partir do início e do final de Virtù e Fortuna, quando Maeve, Sizemore e Hector, encontram um trecho com neve e Sizemore desenterra uma cabeça de samurai. Mal tem tempo de gritar para fugirem quando são atacados, terminando assim o episódio. Parece que esse é o Mundo Shogun e vamos ver mais samurais em breve.

CONCLUSÕES FINAIS

Confesso que esperava por um embate entre Charlotte e Dolores, mas não foi o que aconteceu. Minha dúvida é em relação ao que Bernard encontrou dentro de Abernathy e se, com aqueles tremores de novo, conseguiu extrair os dados para dentro dele?

Estaria então Charlotte levando só uma carcaça vazia? E Dolores vai mudar seus planos só para reaver o pai? Bernard está nas mãos de Clementine agora, que pode não saber que ele é um deles. Será que vai ter tempo de contar o que descobriu para Dolores? E quanto a Maeve e companhia naquele outro mundo?

Se você está se perguntando aonde está William nessa confusão toda, não se preocupe. No próximo episódio ele vai aparecer.