Share
Review: “Homem-Formiga” é outro acerto da Marvel!

Review: “Homem-Formiga” é outro acerto da Marvel!

Com uma lista de personagens conhecidos e filmes de sucesso a Marvel decidiu inovar e lançou Guardiões da Galáxia, filme sobre um grupo de foras-da-lei desconhecidos que acabou ganhando o público pela novidade e humor, ainda que muitos tenham torcido o nariz a princípio.

E a história se repetiu com Homem-Formiga. Mesmo sendo um personagem de peso nos quadrinhos não é tão conhecido do grande público e novamente, as pessoas estavam duvidando de que o longa seguiria a mesma linha de excelência do MCU. Bem, não precisam se preocupar.

No enredo Scott invade a casa do Dr. Pym achando que irá roubar algo valioso, mas encontra apenas o traje dentro do cofre e o leva mesmo assim. Ao encolher e ficar bastante assustado, descobre que tudo aquilo não passou de um chamariz do cientista que necessita da sua ajuda para roubar a nova criação de Darren Cross, seu ex-pupilo e que está a frente de Pym Technologies. Cross está conseguindo replicar a Partícula Pym que é o que dá ao Homem-Formiga sua habilidades e Pym sabe que as intenções de Cross não são nada boas. Com a ajuda de Hope começam a armar um plano para invadir a empresa e impedir a venda do produto. Mas, Scott tem um longo caminho pela frente até se tornar de fato o Homem-Formiga.

antman1

A trama é posicionada de forma coesa dentro da linha do tempo dos filmes da Marvel e existem ligações bem diretas no longa, tal qual a participação de personagens importantes como Howard Stark (John Slaterry) e Peggy Carter (Hayley Atwell), membros fundadores da SHIELD e amigos de longa data de Hank Pym.

Dessa forma, Homem-Formiga entra com folga para o hall de filmes excelentes de super-heróis. A trama flui sem quaisquer problemas, há bastante humor e piadas inteligentes e a apresentação, desenvolvimento e evolução dos personagens contribui em grande parte para a presteza do filme. Aliás, a escolha do elenco é um dos pontos altos do longa e o entrosamento entre os atores o que faz a história se tornar mais crível perante o espectador. A começar por Paul Rudd que vestiu bem o manto do novo Homem-Formiga dando ao personagem um tom mais ameno, sarcástico e brincalhão, bem diferente do Pym de Michael Douglas que se assemelha ao dos quadrinhos, sendo mais sério, crítico e direto, tal qual a personalidade de sua filha Hope, papel de Evangeline Lilly que possui uma relação conturbada com o pai, mas que decide ajuda-lo mesmo assim.

antman3

Já o vilão de Corey Stoll acaba sendo ofuscado diante de tantos outros personagens mais marcantes. Suas cenas são boas, intensas, entretanto, não consegue o destaque que merece. Bem diferente de Michael Peña que brilhou no papel de Luis, o amigo de Scott e que certamente irá divertir os espectadores ao contar suas histórias de modo único.

Com direção de Peyton Reed e roteiro de Edgar Wright e Joe Cornish, o grande trunfo desse inusitado filme solo de herói se encontra em seus personagens e num roteiro bastante perspicaz. É notável a dedicação com todas as cenas que envolvem computação gráfica, seja a transformação do Scott com o traje, a criação das colônias de formigas e as diferentes espécies servindo cada qual para uma função, algo que o efeito do 3D valoriza bastante, especialmente no quesito profundidade de campo quando a ação ocorre no meio de tapetes felpudos ou na grama alta.

antman6

Homem-Formiga apenas comprova que a Marvel sabe exatamente o que está fazendo. É um filme muito divertido e Paul Rudd conquista o público bem rápido com seus gracejos e humor. Vamos adorar assisti-lo em outros filmes.

Ficha Técnica
Diretor: Peyton Reed
Roteiro: Edgar Wright, Joe Cornish, Adam McKay, Paul Rudd
Elenco: Paul Rudd, Evangeline Lilly, Corey Stoll, Bobby Cannavale, Michael Peña, Tip "T.I." Harris, Anthony Mackie, Wood Harris, Judy Greer, David Dastmalchian, Michael Douglas
Duração: 1h57min