“As Sufragistas” aborda o movimento feminista na Inglaterra do século XIX

Se hoje em dia a situação das mulheres é difícil, tente imaginar como era séculos atrás. Em um filme dirigido, roteirizado, produzido e estrelado quase que inteiramente por mulheres, o longa As Sufragistas (termo que significa aquele que defende a extensão dos votos a todos, sem distinção de raça, sexo, poder econômico, origem etc.) é a mais nova produção da Universal Pictures.

Carey Mulligan, Helena Bonham Carter e Meryl Streep são alguns dos nomes de peso do elenco. O filme foi dirigido por Sarah Gravon e tem roteiro assinado pela ganhadora do Emmy Awards Abi Morgan. O drama (baseado em história real) mostra a vida de um grupo de mulheres que resistia à opressão de forma passiva. Elas foram ridicularizadas e ignoradas pelos homens, até que decidiram se impor travando uma luta que mudaria não só a vida delas, mas de outras mulheres pelo mundo.

 Veja agora o trailer:

Neste outro vídeo as três atrizes principais dão seus depoimentos em relação ao filme:

O filme que é inspirado em fatos reais teve sua própria dose de realidade na premiere em Londres quando um grupo de mulheres protestou em pleno tapete vermelho contra a violência doméstica. As atrizes apoiaram os protestos, tal qual a diretora e roteirista do filme.

As Sufragistas estréia por aqui em plena véspera de natal, 24 de Dezembro.

Melissa Andrade

Jornalista, Crítica de Cinema há mais de 10 anos, Podcaster, extremamente curiosa, com incontáveis pequenos conhecimentos em diversas áreas e Marvete com orgulho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *